Venha
viver uma
experiência

Única

Venha viver uma experiência única.

PARNAÍBA

Parnaíba é a Segunda cidade do Estado do Piauí.

Dados Gerais:

Situa-se no norte do Piauí, a 15 km da cidade de Luís Correia, litoral do Estado, possuindo as mais belas praias do Nordeste. Banhada pelo rio Igaraçu, braço direito do rio Parnaíba.

Área: 97 km2, população: 150.000 hab., temperatura média: 26°C. Sua Economia baseia-se principalmente na agropecuária, pesca, indústria de beneficiamento do babaçu, cera de carnaúba, pilocarpina (a única no mundo), Curtumes.

Dados Históricos:

Fundada em 1758 pelo português DOMINGOS DIAS DA SILVA que chegou procedente do Rio Grande do Sul. Estabeleceu-se aqui com indústria de charqueada e dentro de pouco tempo adquiriu muitas terras. Em cinco navios de sua propriedade, exportava charque para o sul do país e para o exterior.

Domingos Dias da Silva foi muito auxiliado pelos seus dois filhos parnaibanos:
SIMPLÍCIO DIAS DA SILVA e RAIMUNDO DIAS DA SILVA.

Em 18 de agosto de 1762 foi instalada a VILA DE SÃO JOÃO DA PARNAÍBA, no lugarejo TESTA BRANCA. Em 1770 foi transferida a sede para o PORTO DAS BARCAS.

No dia 14 de agosto de 1844, Parnaíba foi elevada à categoria de cidade.

Pontos Turísticos:

Catedral de Nossa Senhora da Graça:

Construída em 1770, está situada na Praça do mesmo nome. É a Igreja Mãe da Diocese de Parnaíba, além da beleza arquitetônica, poderá ser visitada na Capela do Santíssimo as sepulturas dos fundadores da cidade.

Veja o vídeo ao lado da Parnaíba

Monumento da Independência:

Em homenagem à independência do Brasil, está situado na Praça da Graça, em frente à Casa Paroquial da Catedral de Nossa Senhora da Graça.

Monumento do Centenário:

Está localizado na Praça Santo Antônio. Foi inaugurado em 1944, por ocasião do primeiro Centenário da Cidade.

Centro Cívico:

Também situado na Praça Santo Antônio. Monumento destinado às grandes comemorações CÍVICAS e principalmente às datas de 7 de Setembro, 14 de Agosto e 19 de Outubro. Destaca-se pela sua parte principal composta de um prisma retangular de 15 metros de altura. Construído com pedras do sertão, de 115 municipios, simbolizando a união de todo o Piauí. Possui 04 prismas triangulares nos quais se encontram gravadas em lápides de mármore, as grandes campanhas cívicas e vitórias do povo parnaibano.

Cajueiro Humberto de Campos:

Cajueiro plantado pelo escritor, quando de sua infância, residindo aqui em Parnaíba. Localizado na rua Cel. José Narciso que cruza com a rua de seu nome onde fica a casa em que morou Humberto de Campos.

Monumento Comemorativo do dia do Piauí:

Em comemoração ao aniversário do Piauí, dia 19 de Outubro foi inaugurado na Av. Capitão Claro, em frente ao prédio da Unidade Escolar Ginásio São Luís Gonzaga.

Monumento sesquicentenário Indep. do Brasil:

Em homenagem à Independência do Brasil, está situado na Av. São Sebastião em frente ao prédio da Unidade escolar Polivalente Lima Rebelo.

Artesanatos:

Muito rico e variado, principalmente os executados em madeira, verdadeiras esculturas artesanais, em osso, palha de carnaúba e burití, couro, cerâmica e ferro.

Aliado a esses atrativos, está o artesanato de fio que produz peças como redes, colchas, tapetes, bolsas, toalhas e rendas de bilro, com uma característica peculiar: Toda produção é feita em oficinas caseiras, proporcionando uma maior autenticidade ao artesanato.

E, finalmente, as minas de Opala da cidade de Pedro II, uma pedra semi-preciosa de qualidade internacional.

Coop. Artesanal de Parnaíba
Rua Pedro II, 1140 - Coop. Artesanal de Parnaíba
Av. Presidente Vargas, 335 - Artesanato Porto das Barcas

Galeria de Arte e Cultura - Secel. Porto das Barcas
Centro Regional Artesanal
BR 343 - Parnaíba - Luis Correia